Seguro viagem: por que fazer antes mesmo de embarcar

Seguro viagem

Para quem está planejando viajar são muitos os pontos que precisam estar em dia para não ter dores de cabeça durante o passeio: hospedagem, passeios, clima, roteiro. Porém, quando o assunto é segurança, um dos pontos mais importantes no planejamento da viagem é a contratação de um seguro viagem. Nesse artigo, trazemos para você informações sobre como e por que contratar um seguro viagem. Confira!

O que é um seguro viagem?

Antes de qualquer coisa, é preciso ter em mente o que é, de fato, o seguro viagem. Trata-se de um serviço que presta assistência ao viajante. Seu principal objetivo é assistir o viajante em momentos de emergência. Para isso, cobre os gastos relacionados a doenças ou acidentes que venham a ocorrer durante a viagem, extravios de bagagem, repatriação e até mesmo translado em caso de falecimento. Ele é contratado para um período específico de tempo, que será determinado pelo viajante no momento da contratação do seguro viagem.

Existem diversos tipos de cobertura que variam de acordo com a companhia que está oferecendo o plano, bem como com o plano que será escolhido pelo viajante. Em todo caso, todos os planos necessariamente oferecem a cobertura para caso de doenças e acidentes, ainda que comumente sejam oferecidas outras diversas coberturas que vão do extravio de bagagem até atrasos de voo. 

Por que contratar um seguro viagem?

Planejar uma viagem não é tarefa simples, e, além do tempo investido no planejamento, ainda existe todo o investimento financeiro por trás de uma viagem. Por isso, seria realmente muito inconveniente que a viagem toda fosse estragada por conta de algum imprevisto, como o extravio da bagagem. Além disso, nunca é demais estar protegido em caso de emergências médicas, legais e até mesmo casos de óbito, uma vez que, embora não seja possível evitar essas situações, seja totalmente possível minimizar as consequências e as burocracias que esse tipo de evento pode causar.

É obrigatório?

Depende.

Em alguns países do mundo, é obrigatório possuir um seguro viagem. A zona de Schengen, na Europa, por exemplo, inclui países turísticos, como Itália, Alemanha, França, Espanha e Grécia. Nela, o seguro viagem é um documento obrigatório para todo viajante que entra em algum desses países. O seguro exigido por esses países deve ter cobertura mínima de 30 mil euros, e a não apresentação do certificado de seguro viagem pode fazer com que a entrada no país seja negada.

Porém, existem muitos outros países em que, embora o seguro viagem não seja obrigatório, é altamente recomendado que o viajante esteja segurado. Um dos principais exemplos do quanto pode ser vantajoso contratar um seguro viagem ainda que este não seja obrigatório é os Estados Unidos. Para viajar para os EUA, não é obrigatório possuir um seguro viagem. Porém, os serviços médicos do país possuem preços bastante elevados, e um simples resfriado poderá abrir um buraco no seu orçamento. Com um seguro viagem, você não precisará se preocupar com esse tipo de imprevisto financeiro que pode chegar à casa dos milhares de dólares.

Se você está planejando uma viagem, não se esqueça de contratar um seguro viagem. Assim, você poderá ficar tranquilo e curtir o passeio sem preocupações.

Post Comment